3.2.11

O tempo massacra

O que é o tempo?
Será que se resume apenas à contagem dos segundos, minutos, horas, dias, meses, anos...?!
...
Preciso libertar-me do relógio, sair da rotina, inventar novas formas de viver.
Necessito regarregar baterias.
E só conheço uma forma infalível de o conseguir:
VIAJAR.
Esta é, na verdade, a coisa que me está a fazer falta.
Preciso ver coisas novas, apanhar ares diferentes - mais quentes? - as viagens inspiram-me sempre.
Quero viajar. Quero ver museus, cidades, pessoas diferentes, contactar com outras realidades e climas.
Oxalá me liberte do Mestrado, que nesta fase não passa de uma corrente que insiste em prender-me.
Depois disso espero mesmo que a minha vida, tal como a desejo, comece.
É que tenho divagado e empatado nos últimos anos, um pouco sem saber ao certo o que me reservava a vida.
Felizmente consegui traçar um caminho, que me satisfaz, mas está demorado começar a percorrê-lo... queria já saltar à fase seguinte.
Sou impaciente por natureza, mas aos 33 anos não podemos empatar mito mais, há que ter o rigor de definir objectivos e esmerar-me para alcança-los.
Aqui estou eu, a menos de 5 meses de poder saltar à fase seguinte.
Que passe rápido, o tempo, esse tempo que me tortura a cada segundo...preciso de libertar-me dele, para poder vencê-lo.
Haja saúde, paciência, vontade e... tempo para lá chegar!

1 comentário:

Francisco disse...

Lá chegarás :)